Logo Up4 Invest Logo XP Investimentos
menu

Atendimento
por telefone

19 3835-0814

12
Apr

Tudo que você precisa saber sobre investimentos

Tudo que você precisa saber sobre investimentos

Preparamos algumas dicas com tudo que é importante saber para que você possa se preparar antes de entrar no mercado financeiro e ter uma boa alternativa para fazer seu dinheiro render mais.

Em tempos de crise econômica, baixa rentabilidade na poupança e incertezas até mesmo sobre a aposentadoria, os investimentos financeiros vêm despontando cada vez mais como uma vantajosa alternativa para trazer mais valor e segurança à renda familiar.

Saber como e onde investir seu dinheiro pode garantir ótimos resultados e, ao contrário do que muita gente pensa, não é preciso ser um especialista para começar a investir. Mas é importante se preparar e entender um pouco mais sobre o universo financeiro antes de se aventurar nesta empreitada.

Para te ajudar preparamos um superpost com algumas dicas com o que você precisa saber antes de dar o primeiro passo. Confira!

 

Como funciona o mercado de investimentos

Ações nada mais são do que cotas de uma empresa que tem seu preço relacionado com diferentes fatores do mercado em que são comercializados. Quando você compra uma ação, passa a ser um “sócio” da empresa e ganha dinheiro de acordo com o crescimento e lucro da companhia. Do mesmo modo, caso a empresa passe por algum problema, a ação irá se desvalorizar e seu investimento oscilará de forma negativa.

Todas as ações são negociadas em uma bolsa de valores e sempre que uma ordem de venda e uma ordem de compra com o mesmo valor são negociadas, uma transação é fechada. As pessoas físicas e jurídicas só poderão participar das negociações em bolsa de valores através de uma corretora com habilitação na CVM (Comissão de Valores Mobiliários). A assessoria, por sua vez, é um braço das corretoras, podendo auxiliar suas operações perante a bolsa. Por isso, para investir no mercado de ações, o primeiro passo é fazer o cadastro em uma delas. Você pode encontrar a lista de todas as corretoras que possuem credencial no site da CVM.

 

Tipos de investimento

Existe uma grande variedade de tipos de investimentos disponíveis no mercado, mas todos eles podem ser categorizados em dois nichos principais: os investimentos em renda fixa e os de renda variável.

Renda Fixa são todos os investimentos em que você já conhece, no momento da contratação, qual será o indexador ou a taxa de juros que irá render o valor do título. Ou seja, você sabe a taxa que o emissor vai pagar pelo seu investimento, mas não necessariamente o valor final que a aplicação terá. Os mais comuns são o Tesouro Direto, CDB, Letras de Crédito Imobiliário (LCI) ou do Agronegócio (LCA) e debêntures, além da Caderneta de Poupança.

Já os investimentos de renda variável são aqueles que não seguem nenhum indexador, nem possuem taxas pré-fixadas de correção, o que não permite determinar o rendimento do título. Essa categoria pode trazer, ao mesmo tempo, mais riscos, mas também mais expectativas de lucro para o investidor no longo prazo. Normalmente são investimentos relacionados as ações de empresas, mercadorias, moedas e outros tipos de contratos negociados na bolsa.

Além disso, existe ainda um novo mercado para investimentos ganhando força entre o setor: a modalidade de investimentos multimercados. Formado por um mix de investimentos de renda fixa e renda variável, essa opção traz ao investidor uma alternativa de risco mediano e vem sendo adotada por muitos interessados em aumentar a rentabilidade dos investimentos de forma menos agressiva.

 

O que eu preciso saber antes de começar?

O primeiro passo antes de começar a investir é entender o seu perfil como investidor. Saber se você é mais conservador, moderado ou arrojado pode ser essencial para definir quais serão os tipos de investimentos – e riscos atrelados a ele! – adequados de acordo com seu comportamento financeiro e possibilidades de investimento.

Outro ponto essencial é entender quais são os seus objetivos para a rentabilidade do seu dinheiro. Assim você poderá conhecer melhor os tipos de investimento disponíveis e a liquidez de cada um deles para apropriar sua necessidade aos cenários possíveis.

Não esqueça também de pesquisar um bom fundo de investimento e contar com o apoio de especialistas na fase inicial de sua empreitada financeira. Existem profissionais que atuam com assessoria financeira para apoiar sua entrada no universo dos investimentos e te ajudar a dar os primeiros passos até que seu dinheiro comece a render. Além de conhecer o caminho das pedras, esses profissionais ainda tem uma visão apurada do comportamento de mercado e podem te ajudar a prever riscos ainda não identificáveis quando você está começando.

 

Qual o momento certo de começar?

Dinheiro parado é prejuízo. Com todas as oscilações do mercado e uma série de oportunidade para fazer o seu dinheiro render, quanto antes você começa a investir, mais cedo começa a ver resultados.

No entanto, não existe uma quantia ideal para definir o momento certo de começar a investir. O primeiro passo é ter disciplina com as finanças pessoais e entender que, ao reservar uma parte de seus ganhos mensais para fazer investimentos, você pode gerar mais resultados do que ao manter seu dinheiro parado em uma poupança.

Se você tem uma reserva financeira e quer ver seu dinheiro crescer, então sempre é o momento ideal para começar a investir! E quanto antes, melhor.

 

Defina uma meta

Depois de entender o seu perfil como investidor, também é importante conhecer exatamente onde você quer chegar ao fazer investimentos. Essa informação é essencial para avaliar riscos, liquidez e rentabilidade das opções escolhidas.

Entenda seu nível de endividamento, quanto tempo suas reservas financeiras podem lhe apoiar, qual o percentual de folga financeira mensal em seu orçamento, qual margem de risco você consegue assumir e por quanto tempo consegue manter seu dinheiro investido. Se seu objetivo é uma aposentadoria segura ou a compra de um imóvel, fatores completamente diferentes tem que ser considerados antes de iniciar o seu investimento.

 

Esteja atento aos riscos

Depois de “lucro”, “riscos” é a palavra que você mais vai ouvir ao entrar no mundo dos investimentos. E isso é ruim? Não! O tamanho do seu risco está diretamente associado à sua possibilidade de lucro. Quanto mais você está disposto a correr riscos, também mais pode ver seu investimento lucrar.

Mas isso não significa que você deve sair por aí fazendo investimentos de risco esperando por bons resultados sem a cautela necessária! Se quiser correr riscos, conheça muito bem o ônus de suas ações.

Existem muitas dicas e cuidados que você pode tomar para investir minimizando seus riscos. Escolha, por exemplo, empresas mais consolidadas no mercado e que você consiga compreender seu tipo de negócio para que seja mais fácil acompanhar seu desempenho.

E se você tem um perfil mais conservador, pode optar pelos investimentos de renda fixa.

 

Não coloque seu dinheiro em um único lugar

Você já deve ter ouvido o ditado: “Nunca deixe seus ovos em uma única cesta”. No mercado financeiro essa lógica também é muito bem-vinda.

Diversificar seus investimentos pode ser uma estratégia certeira para ver seu dinheiro render mais. Ter opções de alto e baixo risco para compor um portfólio pode ser uma alternativa interessante. Você pode ter, por exemplo, alguns investimentos em renda fixa e outros em renda variável para formar uma composição equilibrada.

Além disso, tenha pelo menos cinco ações diferentes em sua carteira. Isso pode reduzir os riscos de prejuízo ao concentrar todo seu dinheiro em um único foco. Quanto mais opções tiver, maiores suas chances de encontrar melhores focos de rentabilidade e reduzir o seu risco.

 

Nunca “esqueça” seus investimentos

O maior erro que você pode cometer ao entrar no universo de investimentos é acreditar que depois de investir é só ficar esperando seu dinheiro render. Não faça isso!

Você deve acompanhar de perto o desempenho de suas ações e opções de investimento para saber quando é o momento de vender ou comprar novas cotas. Esse acompanhamento pode reduzir seus riscos, já que você pode agir antes de uma ação perder muito valor. Ou ainda pode te trazer lucros acima da média quando você está atento ao mercado e faz uma nova compra estratégica antes que uma ação atinja seu pico.

No mercado financeiro cuidar do seu dinheiro é tão importante quando cuidar diariamente do seu jardim. Quanto maior seu zelo e conhecimento, mais florido ele ficará.

 

Acompanhe o mercado e busque conhecimento

Todo o investidor tem que antes de comprar, vender ou investir, ter um conhecimento mínimo sobre economia, mercado nacional e mercado internacional para evitar prejuízos financeiros. Acompanhar o mercado é a premissa básica para dominar o que chamamos de “especulação”.

É a especulação que muitas vezes pode fazer ações aumentarem ou reduzirem seu valor e, consequentemente, seu dinheiro crescer ou não.

Reserve alguns minutos do seu dia para entender o que está acontecendo no mundo. Selecione algumas fontes de informação confiável e faça a lição de casa. Mas cuidado! Nem todas as fontes são confiáveis e você não pode se tornar refém delas.

Além disso, busque sempre ampliar seu conhecimento sobre as estratégicas financeiras para conseguir otimizar seus investimentos. Você pode acompanhar aqui em nosso blog muitas informações para entender melhor como o investimento pode trabalhar a seu favor! Além disso, caso você não tenha tempo de acompanhar seus investimentos, pode procurar uma assessoria financeira para apoiá-lo nesta tarefa.

 

Conte com o apoio de uma assessoria financeira

Com tantas informações assim, pode parecer um pesadelo iniciar sua entrada no mercado financeiro. Muitas pessoas desistem justamente por não entender a complexidade desse universo e acabam perdendo a oportunidade de fazer seu dinheiro render.

Mas existem alguns profissionais no mercado que são especializados e podem te ajudar com isso: são os assessores financeiros. O principal benefício de contar com esses serviços é ter o apoio profissional com experiência no mercado financeiro para indicar qual a melhor estratégia para a formação de sua carteira de investimentos. Antes de qualquer coisa, eles conhecerão melhor seu perfil de investidor e ajudarão a compor um portfólio mais indicado para o seu comportamento.

Além disso, eles também podem te ajudar no acompanhamento de suas ações e ensinar a entender como o mercado funciona até que você comece a entender melhor a lógica de investimentos. E como eles estão sempre ligados neste universo, são capazes de identificar variações e riscos com mais facilidade para te alertar.

Mas antes de escolher uma assessoria financeira, faça uma boa pesquisa e tome o cuidado de identificar bons assessores. Muita gente ainda considera o gerente de banco como consultor, quando na verdade ele pode estar indicando apenas os produtos que o ajudarão a bater suas metas de vendas. O mesmo também pode ocorrer com assessores de investimentos que não atuam com a seriedade necessária.

Portanto, fique atento! A melhor assessoria financeira é aquela que te ajuda a cuidar dos seus investimentos e fazer o seu dinheiro render. Eles não crescem pelo seu dinheiro, mas com o seu dinheiro.

Na Up4Invest temos uma equipe comprometida em realizar um trabalho transparente e adequado ao seu perfil de investidor. Se quiser saber mais, entre em contato para agendar um bate-papo!

Entenda as vantagens de ter um assessor financeiro

Ver todos os artigos