Logo Up4 Invest Logo XP Investimentos
menu

Atendimento
por telefone

19 3835-0814

15
Jun

Como investir em BDR? Tudo o que você precisa saber!

Como investir em BDR? Tudo o que você precisa saber!

Você já pensou em investir em ativos estrangeiros? Essa pode ser uma forma de diversificar a carteira e encontrar oportunidades. Contudo, enviar dinheiro para o exterior pode ser burocrático. A boa notícia é que há alternativas na bolsa brasileira — como investir em BDR.

Ao contrário do que muitos investidores podem pensar, investir nessa alternativa não é complicado. Está curioso para entender como os BDRs funcionam e quais são os riscos e suas vantagens?

Então confira as informações deste artigo e descubra como se expor ao mercado internacional a partir dessa modalidade!

O que é BDR?

BDR significa brazilian depositary receipts, que são certificados que espelham ativos de emissores estrangeiros. É possível encontrar certificados que representam ações — como BDR Disney, BDR Amazon, BDR Apple, mas também existem outras possibilidades.

Afinal, eles também podem ser atrelados a títulos de renda fixa e a fundos específicos internacionais (como os ETFs ou fundos de índice). Por meio deles, é possível se expor a companhias do exterior e ao câmbio.

Os BDRs são emitidos por instituições financeiras chamadas de depositárias. Elas adquirem os investimentos e os mantém sob custódia, sendo autorizadas a emitir certificados lastreados neles. Assim, quem investe no BDR tem exposição aos resultados do investimento internacional.

As negociações desses certificados ocorrem na B3, a bolsa brasileira. Para as companhias estrangeiras, o BDR é uma possibilidade de ofertar seus ativos a mais investidores, mesmo que de forma indireta.

Para os investidores, como você viu, é uma possibilidade de diversificar o portfólio sem precisar investir diretamente no exterior.

Como funciona esse investimento?

Se você busca saber como investir em BDR, é preciso esclarecer que, nessa operação, você não comprará o ativo em si. Na verdade, você aloca recursos em um certificado que o representa — ele é emitido no Brasil pela instituição depositária.

Contudo, apesar de não ter a posse do ativo em si, você participa dos seus resultados. Em BDR de ações, por exemplo, o preço do certificado aumenta se a ação internacional se valoriza. Caso ela distribua dividendos, você também pode recebê-los.

A instituição depositária é responsável pela comunicação com os investidores e o repasse dos proventos. Ela deve obter o registro do programa de BDR junto à CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

Para investir em BDRs, não é preciso realizar o câmbio ou abrir conta no exterior. Você segue os trâmites normais da bolsa, arcando com eventuais taxas da corretora e os custos de emolumentos para B3. Além disso, há incidência de Imposto de Renda sobre os rendimentos.

Quais são os tipos de BDR?

Quando o assunto é BDR, é preciso entender que existem classificações para esse produto. O certificado pode ser de dois tipos, como você verá a seguir!

BDRs patrocinados

Os BDRs patrocinados são recibos em que há a participação das empresas estrangeiras, que buscam expandir seus negócios. Assim, elas contratam uma instituição depositária para emitir os BDRs.

Importante saber ainda que os certificados do tipo patrocinados podem ser de 3 níveis:

  • Nível I — BDRs que dispensam o registro da empresa estrangeira na CVM e cujas operações são realizadas em mercados de balcão não organizado e segmentos mais específicos;

  • Nível II e III — BDRs em que as companhias precisam ter registro na CVM e cujas operações são realizadas no pregão da bolsa ou em mercado de balcão organizado.

BDRs não patrocinados

Já os brazilian depositary receipts não patrocinados são todos de Nível I e não envolvem a participação das companhias estrangeiras. Significa que a iniciativa de lançar esses títulos parte das instituições depositárias.

Dessa maneira, são as depositárias que têm a obrigação de divulgar os dados da empresa, como balanços e relatórios. Se você quer saber como investir em BDRs, saiba que os não patrocinados são os mais comuns na B3.

Quais as vantagens dos BDRs?

Até aqui você pode acompanhar em que consiste o BDR e quais suas características. No entanto, é preciso conhecer também as vantagens de aportar seus recursos nessa modalidade. 

Veja a seguir!

Facilidade para investir no exterior

Os BDRs até 2020 eram restritos para apenas um grupo de investidores — os investidores qualificados. Mas, a partir de então, eles se tornaram acessíveis a qualquer investidor. Assim, trata-se de uma modalidade que oferece facilidade para quem deseja investir no exterior.

Como vimos, toda a negociação ocorre na B3, não sendo preciso enviar dinheiro para outro país ou se adequar às regulações ou funcionamento diferenciado de corretoras. Além disso, independentemente do país de origem das ações, as operações são feitas em real.

Diversificação da carteira

Investir em BDRs é um caminho para o investidor que deseja diversificar sua carteira. Você pode aportar recursos em empresas e setores variados — inclusive, em segmentos menos sólidos no Brasil, como o setor da tecnologia. Além disso, por meio de BDRs e de ETFs, é possível investir no mundo todo, de maneira indireta.

Quais os riscos de investir nesses títulos?

Você acompanhou as vantagens, mas é importante mencionar os riscos envolvidos ao saber como investir em BDR. Nesse ponto, a volatilidade da bolsa é importante. Além disso, é preciso conhecer os riscos de cada ativo atrelado ao BDR — ações, títulos, fundos etc.

Como investir em BDR?

Agora que você já acompanhou as características dos BDRs, precisa saber como investir nesse produto. Em primeiro lugar, é importante ter conta em uma corretora de valores para realizar a negociação.

Com isso, você tem acesso ao home broker — ambiente para operar na bolsa. A abertura de conta é um processo rápido e online. Depois disso, você pode também conhecer seu perfil de investidor para saber se o BDR se encaixa em suas expectativas e objetivos.

Em caso de dúvida, o recomendado é procurar a orientação de uma assessoria de investimento para auxiliar no processo. Os profissionais podem lhe ajudar a entender mais sobre o mercado e ter informações de qualidade para basear as decisões.

Na hora de adquirir os certificados, você precisará conhecer os códigos de negociação dessa modalidade. O ticker funciona assim: são 4 letras que indicam o ativo estrangeiro, além de dois números para apontar se é ou não um BDR patrocinado e de qual nível.

Os BDRs de Nível I não possuem uma numeração que os especifique. Já os patrocinados de Nível II terminam em 32 e de Nível II em 33. Enquanto isso, os BDRs não patrocinados terminam em 34 ou 35.

Agora você sabe o que é e como investir em um BDR. Como pode acompanhar, essa é uma alternativa de investimento que pode ajudar a ampliar seu portfólio com investimento no mercado exterior. Contudo, é preciso saber se ele se alinha à sua estratégia!

Quer conhecer mais sobre essa e outras opções de investimento? Converse com um de nossos assessores!<

Ver todos os artigos