Logo Up4 Invest Logo XP Investimentos
menu

Atendimento
por telefone

19 3835-0814

30
May

Boletim Focus: por que acompanhar este relatório do Banco Central?

Boletim Focus: por que acompanhar este relatório do Banco Central?

Uma das premissas para fazer investimentos com maior potencial de retorno e segurança é se manter atualizado com as informações sobre a economia e o mercado financeiro. Nesse sentido, acompanhar o Relatório Focus, do Banco Central, é essencial para os investidores.

Esse documento é uma fonte completa de dados que podem ser úteis para fazer análises macroeconômicas e escolher os melhores investimentos para a sua carteira. Por essa razão, vale a pena saber mais sobre esse documento e quais informações são apresentadas no boletim.

Neste post, você entenderá o que é o Relatório Focus e descobrirá por que é tão importante acompanhar esse relatório. Confira!

O que é o Boletim Focus do Banco Central? 

O Boletim Focus é um documento elaborado e publicado pelo Banco Central (Bacen) — autoridade responsável pela política monetária do país. Nele, é possível encontrar as principais informações macroeconômicas do mercado nacional e projeções de indicadores da economia.

Para desenvolver esse documento, a entidade conta com profissionais do seu Departamento de Relacionamento com Investidores e Estudos Especiais (Gerin). Assim, os responsáveis realizam uma pesquisa de avaliação sobre os indicadores com diversas instituições financeiras. 

Por se tratar de um boletim produzido e distribuído pelo Bacen, as análises e os dados são confiáveis. Desse modo, muitos profissionais do mercado e investidores utilizam as informações e os históricos descritos para projetar as expectativas do cenário econômico para o futuro — que podem influenciar também as decisões de investimento.

Como o Boletim Focus funciona? 

Sabendo o que é o Boletim Focus, é hora de entender como ele funciona. A avaliação que gera o relatório dura 30 dias. Depois, o Bacen analisa os dados e apresenta os resultados em forma de tabelas ou gráficos.

Além disso, as informações podem ser comparadas a períodos de curto, médio e longo prazo. Vale destacar que a divulgação é semanal — esse documento é elaborado às sextas-feiras e divulgado semanalmente pelo Bacen, às 8:30 das segundas-feiras.

Quem deseja acessar o relatório deve acessar o site do Bacen e escolher o documento desejado. É possível encontrar desde o boletim mais recente até aqueles de semanas ou meses anteriores. Para facilitar a busca, eles ficam organizados por ordem de divulgação. 

Quais informações o Boletim Focus oferece? 

Após entender como funciona o Boletim Focus, é importante saber de forma detalhada quais são as informações oferecidas pelo relatório. Veja a seguir!

Economia

Os dados apresentados pelo relatório informam sobre a situação econômica do país, indicando o nível de desenvolvimento da economia e as expectativas de futuro. Por exemplo, a projeção do Produto Interno Bruto (PIB) aponta o potencial crescimento do Brasil.

Quando a expectativa é alta, é esperado um maior desenvolvimento econômico do país. Se isso acontecer após um período de queda do indicador, pode indicar uma recuperação da economia. 

Mais uma análise interessante obtida do relatório envolve a balança comercial, que aponta o equilíbrio entre as importações e as exportações. O saldo positivo representa que o número de vendas para o mercado externo superou o de compras. Essa indicação pode representar uma situação comercial mais favorável para a economia.

Inflação

A inflação diz respeito ao aumento dos preços e, consequentemente, à desvalorização do dinheiro e à perda do poder de compra. Por isso, é uma das medidas econômicas mais importantes e influentes da economia, interferindo também na taxa de juros — que pode ser ampliada para conter a inflação.

No Relatório Focus, são apresentados dados relevantes sobre o tema, como a meta de inflação para o período, o acumulado ao longo do tempo, as projeções e expectativas futuras.

Para tanto, são apresentados o Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) e o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que é o indicador de inflação oficial do país.

Câmbio

A variação da moeda nacional em relação às moedas estrangeiras interfere nos preços, na capacidade de compra e na política monetária brasileira. Por essa razão, é necessário entender sobre o tema e saber o que esperar da cotação do dólar, por exemplo.

Diante disso, o Relatório Focus apresenta projeções para a taxa de câmbio tanto para o ano presente quanto para o próximo ano — considera a variação nos últimos 3 meses. Portanto, os dados podem ajudar na análise sobre a variação cambial.

Juros

O boletim também apresenta a previsão da meta da taxa básica de juros da economia brasileira, a Selic. Essa taxa afeta o comportamento e as condições econômicas do país, além de influenciar os investimentos de renda fixa e variável.

Por meio de uma análise das projeções, é possível entender se há tendência de alta ou queda no curto e no médio prazo. Inclusive, o Banco Central utiliza essa avaliação como base para definir a política econômica do país durante a reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), que estabelece a Selic.

 

Investimento estrangeiro

Por fim, o Boletim Focus traz informações sobre o volume de investimento estrangeiro no Brasil, assim como dados a respeito do mercado interno e do panorama externo. Dessa forma, é possível fazer diferentes análises. 

Em uma situação de consolidação ou agravamento de uma crise, por exemplo, o país costuma perder posições na classificação que indica a segurança de investir nele. Quando isso ocorre, pode haver uma saída repentina de investimentos externos do país.

Em contrapartida, após a aprovação de reformas fiscais, por exemplo, há chances de obter um crescimento no nível de investimento internacional — indicando otimismo sobre a situação econômica brasileira.

Por que acompanhar o Relatório Focus? 

Agora que você já aprendeu sobre as informações abordadas no Relatório Focus, precisa entender a importância de acompanhar esse documento divulgado pelo Banco Central. Na prática, o boletim traz dados relevantes — que podem ajudar na tomada de decisão do investidor.

Ao analisar a avaliação sobre os indicadores, por exemplo, há chances de visualizar o cenário macroeconômico e entender as expectativas para a economia brasileira em curto e médio prazo. Ademais, você pode identificar os fatores que tendem a afetar os resultados dos seus investimentos.

Por exemplo, a Selic em alta melhora a rentabilidade da renda fixa, mas pode atingir o mercado de ações, que tende a ficar menos aquecido nessa situação. O IPCA é outro fator que costuma alterar a avaliação sobre o retorno dos investimentos.

Como você viu, existem diversas análises que podem ser feitas a partir do Relatório Focus do Banco Central. Portanto, vale fazer a leitura do documento para ter um acompanhamento confiável do mercado —e fazer melhores escolhas para seu portfólio.

Que tal contar com ajuda profissional para entender as oportunidades do mercado? Aproveite e conheça 5 vantagens de contar com a assessoria de investimentos!

Ver todos os artigos