Logo Up4 Invest Logo XP Investimentos
menu

Atendimento
por telefone

19 3835-0814

16
Mar

5 Vantagens de contar com uma assessoria de investimentos ao investir

5 Vantagens de contar com uma assessoria de investimentos ao investir

O mercado de investimentos pode ser bastante desafiador no começo. São diversas modalidades, nomenclaturas, regras e riscos. Assim, o investidor iniciante, e mesmo os experientes, podem ter algumas dúvidas. É nessa hora que a assessoria de investimentos entra em cena.

Apesar de ser um serviço muito importante, diversos investidores ainda não contam com ele. Isso pode acontecer por acreditarem que não vale a pena, ou mesmo, por desconhecimento. Então, é fundamental aprender mais sobre o tema.

Neste conteúdo você aprenderá o que é uma assessoria de investimentos e o que ela faz. Ademais, conhecerá 5 vantagens de contar com esse serviço para realizar seus aportes. 

Acompanhe a seguir!

O que é uma assessoria de investimentos?

A assessoria de investimentos é um serviço de auxílio aos investidores prestado por profissionais capacitados. Eles são conhecidos como assessores de investimentos – ou agentes autônomos de investimentos. 

Sua principal finalidade é esclarecer dúvidas sobre o mercado. Dessa maneira, eles fornecem um suporte aos investidores, explicando como cada alternativa funciona. Com isso, o investidor conhece todas as regras e características dos ativos, os riscos envolvidos e outras questões importantes.

A assessoria é muito importante para os investidores e para o próprio mercado financeiro. Com a ajuda profissional, o investidor fica mais seguro ao fazer seus aportes, pois entende como o investimento funciona.

Assim, mais pessoas podem sentir confiança para iniciar investimentos. Isso estimula a economia e aumenta a circulação de capital. Além disso, as chances de sucesso aumentam, pois, sabendo como os investimentos funcionam, o investidor consegue fazer escolhas mais conscientes.


Quem regula a profissão de assessor é a Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Existem alguns requisitos que devem ser cumpridos para poder ser um assessor de investimentos. Como há essa fiscalização, o investidor fica ainda mais seguro ao contar com o serviço.

Como a assessoria funciona?

Atualmente, o contato com uma assessoria de investimentos é bastante facilitado. Com a propagação da tecnologia e acesso à internet, ela pode ser prestada de forma virtual. Isso aumenta a velocidade de comunicação e traz mais comodidade aos clientes.

Mas, para entender como a assessoria funciona, é fundamental conhecer os seus limites. Por exemplo, um assessor não tem a responsabilidade de indicar ou recomendar investimentos. Ele apenas apresenta opções e explica cada uma delas.

Com isso, o profissional respeita a sua autonomia e mune você de informações relevantes para basear a escolha. Ele pode explicar, por exemplo, os riscos envolvidos, o potencial de rentabilidade, os custos e impostos incidentes, a liquidez etc.

Sem indicar investimentos para os clientes, o assessor oferece grande ajuda ao apresentar uma base confiável de conhecimento. Além disso, ele pode executar determinadas operações de investimento a partir de ordem expressa do seu cliente. 

Quem é o assessor de investimentos?

Como você viu, para ser um assessor de investimentos é preciso ser um profissional certificado. Afinal, o papel deles é muito importante para o investidor e traz consequências para a sua vida financeira.

Para receber a certificação e ser autorizado pela CVM, o profissional precisa passar por um teste para validar os conhecimentos. A prova é realizada pela Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários (Ancord).

Ela é elaborada e aplicada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) com base nas diretrizes da associação. A resolução é feita de forma online e em diversos locais autorizados no Brasil. A prova tem 80 questões e o candidato possui duas horas e trinta minutos para resolvê-la.

São aprovados aqueles que acertarem, pelo menos, 70% das questões. Em algumas matérias, é exigido 50% de acerto. Depois de aprovado, o profissional pode se cadastrar junto à CVM e começar seu trabalho.

Ao contar com o serviço de assessoria, sempre verifique se os profissionais responsáveis são certificados. Isso trará mais confiabilidade e você será auxiliado por um assessor com os conhecimentos validados.

5 Principais vantagens de contar com uma assessoria

Após conhecer o que é a assessoria, quem pode ser um assessor e como ela funciona, é hora de saber suas vantagens. 

A seguir você entenderá 5 vantagens importantes desse serviço!

1. Tomada de decisões mais segura

O primeiro benefício de contar com uma assessoria de investimentos é a segurança na tomada de decisões. Como você viu, esse serviço serve justamente para esclarecer ao investidor como funcionam os investimentos.

Assim, ao conhecer as opções, seus custos, os riscos envolvidos e a rentabilidade esperada, ele toma decisões mais conscientes. Isso é fundamental para que os objetivos financeiros possam ser alcançados.

2. Facilidade para diversificar a carteira

O maior conhecimento a respeito dos investimentos também traz outro benefício: a facilidade de diversificação da carteira. Você sabe o que isso significa? A diversificação da carteira é uma forma de fazer aportes em produtos de investimento variados. 

Com esse cuidado, o investidor não fica atrelado aos riscos ou rendimentos de apenas uma alternativa. Variando as escolhas, os riscos são diluídos e a rentabilidade potencializada.

3. Acesso a diversos tipos de investimentos

Ao pesquisar as opções por conta própria, os investidores costumam encontrar apenas as mais populares — ou entender somente elas.

Com a ajuda de um assessor, você conseguirá conhecer mais profundamente as alternativas do mercado.

4. Gerenciamento de riscos

A assessoria de investimentos também ajuda em um melhor gerenciamento de riscos. Afinal, investir no que não conhece representa maior exposição ao perigo. Ao ter mais conhecimento, diversificar e tirar suas dúvidas, você pode ter mais segurança.

5. Investimentos de acordo com o seu perfil

Um dos pontos fundamentais para escolher investimentos é saber o seu perfil de investidor. São três possibilidades: os conservadores, os moderados e os arrojados. Cada um tem diferentes resistências aos riscos relacionados aos investimentos. 

Os conservadores são aqueles que prezam pela segurança, já os arrojados conseguem suportar mais riscos em boas oportunidades. Os moderados são um meio termo entre os dois perfis anteriores. Logo, as escolhas de cada um podem ser muito diferentes.

Infelizmente, investidores que pesquisam por conta própria correm mais risco de acabar investindo em alternativas que não se adéqua ao seu perfil. Por isso, contar com um assessor de investimentos ajuda a conhecer opções mais alinhadas com seu perfil e também com seus objetivos.

Lembre-se de que cada investidor possui uma tolerância diferente aos riscos, assim como objetivos e expectativas diferentes. Por isso, atrelar essas características às suas escolhas é fundamental. E a assessoria de investimentos pode ajudar!
Entendeu como funciona o serviço? Mesmo investidores mais experientes podem se beneficiar dele. Assim, se você deseja conhecer as melhores alternativas de investimento para sua carteira, não deixe de falar com um de nossos assessores!

Ver todos os artigos